A relação professor e aluno no ambiente Pilates

265

Com mais de 20 anos de prática no Método Pilates e com 20 anos de certificada por Romana Kryzanowska, somente hoje descobri a importante questão do relacionamento professor e aluno e as emoções envolvidas nesta relação.

Como imaginava ser a relação

Para mim tudo era uma questão de relação profissional pura e simples. Entretanto com o passar dos anos e meu aprendizado se intensificando no campo emocional pude constatar a importância dessa relação no âmbito da pessoa alterar a sua emoção e trazer para sua vida o hábito e a prática da atividade física.

Pude constatar que as pessoas não procuram por métodos ou técnicas e sim por “pessoas”! Esta foi a maior descoberta para mim em todos esses anos de ensino e aprendizagem no Pilates.

Ferramentas para o relacionamento de professor e aluno

Há ferramentas de extrema importância nessa relação que fazem toda a diferença, o toque é um importante meio de comunicação. Descobri que podemos “tocar o céu ao tocar um ser humano” ou seja atingimos seus mais profundos sentidos e emoções ao tocar a sua pele, pois seu sistema nervoso mais superficial é a sua pele. Assim nos comunicamos com suas células, e que hoje em dia sabemos que são providas de emoções.

Ao ensinar Pilates o importante não é apenas a execução do Método de forma correta, mas o como o professor consegue se tornar um meio, um caminho para alterar a emoção do aluno trazendo mais percepção sobre o seu próprio corpo aumentando seu empoderamento e também convidando seu sistema à auto-regulação.

Assim algo que parecia obscuro à tempos atrás pode realmente revelar-se e pude finalmente compreender quando Joseph Pilates dizia que o Método era composto de Mente, Corpo e Espírito!