Como montar ou administrar seu studio?

1076
Duvidas e planejamento

Por: Rodrigo Moreira

Olá pessoal, nesta edição vou falar um pouco sobre as principais dúvidas que nossos leitores nos enviaram sobre gestão e administração de um studio de Pilates, vamos lá:

  1. Vou abrir um Studio e gostaria de saber se é preciso realizar algum tipo de contrato com os alunos.
    (Dúvida da leitora: Cassiana Carneiro)

É muito importante que antes do aluno/cliente começar a fazer aula em seu estúdio, ele assine um termo de matrícula. Nesse termo estará descrito todas as regras e normas aplicadas em seu estúdio e é fundamental que o aluno tome ciência disso antes de começar a frequentar o seu espaço. Apesar de haver um senso comum para a prática de Pilates, cada estúdio tem suas peculiaridades e por isso tem que estar tudo documentado. Nesse primeiro momento é imprescindível que a recepcionista ou até mesmo o instrutor tire todas as dúvidas que possam surgir, assim fica tudo claro e futuramente evitará uma série de questionamentos, afinal como o ditado diz, “o combinado não sai caro”.

  1. Qual o ponto ideal para abrir?
    (Dúvida da leitora: Michelle Pena Rodrigues)

As duas realidades que dominam nossa área são estúdio em conjuntos comerciais dentro de prédios corporativos ou em imóveis com acesso direto a rua, vamos falar um pouco de cada um deles:

  • Prédio comercial: uma alternativa para empreendedores que tem um poder de investimento menor. Os prédios geralmente já tem uma infraestrutura de garagem, segurança, portaria, o que facilita para quem está iniciando um novo negócio. O ponto negativo nesta opção é a baixa visibilidade de seu estúdio o que fará com que você tenha que investir mais em marketing para ser visto, além disso prédios como muita circulação de pessoas pode gerar uma certa dificuldade para seus alunos entrarem e saírem.
  • Imóveis na rua: Geralmente demandam maior investimento para decorar e estruturar o estúdio, principalmente no que diz respeito à segurança. Em contra partida por serem espaços maiores potencializam a sua chance de crescimento sem a necessidade de buscar um novo espaço. O ponto forte desse tipo de imóvel é a alta visibilidade, o que hoje em dia com o número elevado de estúdio espalhados por aí é uma ajuda e tanto.

Legal, mas e aí, qual o mais indicado? Na minha opinião, e por já ter passado por essas duas realidades, com certeza apostaria em um imóvel na rua, mas pesquise bem e busque uma rua com facilidade para estacionar e com fluxo grande de movimento, assim você terá uma propaganda do seu espaço 24horas por dia.

  1. Como definir a mensalidade sem exagerar ou sem perder?
    (Dúvida da da leitora: Michelle Pena Rodrigues)

O principal fator para você não errar no valor da sua mensalidade é uma pesquisa de mercado. Cada parte do nosso país ou até mesmo bairros de uma cidade tem realidades diferentes. Por isso, antes de fixar sua tabela de preços pesquise em estúdios da sua região qual o valor que eles estão praticando e o que eles oferecem, além de contabilizar todos os seus custos. Depois de ter esses dados em mãos leve em conta seus diferenciais e sua qualidade para estabelecer o seu preço, afinal você não precisa ser igual a todo mundo não é? Não abra mão da qualidade e cobre um valor justo por isso, seus clientes vão saber valorizar.

  1. Como gerenciar os custos fixos, e definir um valor justo para as aulas?
    (Dúvida da leitora: Fabiana Bortolini)

Os custos fixos fazem parte de toda empresa e por isso devem ser muito bem administrados. O custo fixo ideal deve ser aquele que possibilita que a empresa tenha a menor despesa mensal possível e ainda assim consiga manter a competividade nos preços de seus produtos ou serviços. Para empresas de serviço de pequeno porte, considero que esses custos não passem de 15% do seu faturamento total. Por isso, uma boa negociação do valor de aluguel, condomínio, seguros, telefonia e internet entre outros, é fundamental para reduzir esses custos e “aliviar” as contas da empresa. Somente após conhecer qual o seu custo fixo que é possível estabelecer o preço final de seus produtos de forma precisa, caso o contrário não há como saber exatamente se você está tendo lucro ou prejuízo. A partir daí aliado a uma boa pesquisa de mercado, como mencionei anteriormente, você chegará a um valor justo e competitivo para suas aulas.

  1. Como administrar as sessões/reposições?
    (Dúvida do leitor: Dênis Rocha)

Em geral cada estúdio faz as suas regras, normalmente concedemos as reposições de acordo com o plano escolhido, simplesmente porque o aluno que frequenta mais vezes o estúdio tem mais chance de perder aulas. Por exemplo, um cliente que faz 3 aulas semanais pode repor 3 aulas mensais com um prazo de 30 dias para remarcá-las.

As reposições sempre são motivo de conflito nos estúdios, por isso essa regra deve estar muito bem especificada no termo de matrícula conforme mencionado anteriormente, para que o aluno tome ciência antes de iniciar suas aulas. Alguns estúdios não oferecem reposição ou determinam apenas uma por mês, independente do plano escolhido pelo aluno. O meu conselho é que ofereça oportunidade de reposição até porque imprevistos sempre podem acontecer, principalmente nas grandes cidades, assim o aluno fica tranquilo caso tenha que se ausentar em alguma aula.

  1. Como recomeçar num lugar onde ninguém te conhece e sabe seu valor?
    (Dúvida da leitora: Silvana Chaves)

O processo de recomeço não é uma tarefa fácil, a mudança de espaço físico ou o rompimento de uma sociedade podem fazer com que você tenha que sair de seu local atual onde você já tem uma estrutura montada e uma lista de clientes ativos, e mudar para um novo lugar. Entendo que se ninguém te conhece a mudança é para um lugar distante ou até mesmo uma outra cidade e por isso é preciso recomeçar do zero. E por ser um recomeço, você já traz uma experiência do que deu certo e errado em seu outro negócio e por isso é momento de minimizar todos os erros do passado, arregaçar as mangas e colocar a mão na massa. Um bom investimento em marketing será fundamental nesse novo momento, use a abuse das redes sociais para vender seu estúdio o mostrar todos os seus diferenciais. Além disso você pode procurar um publicação local de grande circulação para atrair os clientes que estão perto de você, parceria com entidades locais também vão te ajudar a captar novos clientes.

Um abraço a todos, bons negócios e nos vemos na próxima edição!

 

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.