O Adolescente na Atualidade

1726

Por Andreia Monteiro

“Apesar dos jovens serem a parcela mais ativa da população, os indicadores de sedentarismo crescente têm alertado os profissionais da saúde pública” (Silva e Costa, 2011).”

Segundo o site Brasil Escola, apenas 22% dos meninos e 9% das meninas atingiram a atual recomendação para atividade física. Entre as 12 barreiras investigadas, apenas“não ter alguém para levar” não diferiu entre os gêneros. Para todas as percepções de barreiras foi maior entre as meninas. Não ter a companhia dos amigos e ter preguiça foi a barreira mais reportadas pelos meninos e meninas respectivamente, no entanto a barreira mais fortemente associada com maior prevalência de níveis insuficientes de atividade física foi “preferir fazer outras coisas, para meninos e meninas”. Santos et all, 2011.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) faz diversas recomendações para manter a saúde da criança e do adolescente, sendo assim divide essas recomendações por faixa etária, conforme apresentado abaixo:

Dos 05 aos 10 anos de idade, é recomendado?
1 – Brincar
2 – Jogar
3 – Praticar esporte
4 – Deslocamentos a pé ou de bicicleta
5 – Educação física com exercícios planejados.

Todas essas atividades estão inseridas no âmbito escolar, familiar, e ou atividades comunitárias, ou pelo menos deveriam estar.

Dos 11 aos 19 anos, para melhoria da capacidade cardiorrespiratória, muscular, saúde óssea e para reduzir sintomas de ansiedade e depressão recomenda-se:
1 – Realizar diariamente pelo menos 60 minutos de atividade física moderada e vigorosa;
2 – Nesta faixa etária a maioria das atividades físicas deve ser de caráter aeróbico;
3 – Pelo menos três vezes por semana deverá realizar atividade física vigorosa de fortalecimento muscular que englobem grandes grupos musculares do tronco e membros;
4 – Que as atividades envolvam o peso do corpo todo para promover crescimento ósseo.

Estudos mostram que o trabalho mais eficiente para esta faixa etária são exercícios que envolvam o corpo todo, desta forma as aulas de Pilates desde que adequemos a linguagem será extremamente completa e eficiente para esta faixa etária.

O ideal é que a aula de Studio Pilates, Mat Pilates ou Sliding Pilates seja estruturada da seguinte forma:

• O tempo de aula deverá ser entre 30 40 minutos;
• A linguagem deve ser mais informal;
• Tomar cuidado com os trabalhos de flexibilidade, uma vez que nesta faixa etária o adolescente possui falta de flexibilidade e sensibilidade à dor;
• Controle na intensidade de força e resistência, uma vez que eles apresentam uma tolerância menor ao esforço, ou seja, quando o esforço é exagerado isso pode gerar irritabilidade e impaciência;
• Ensinar exercícios que eles desenvolvam com graça e bem estar, pois precisam massagear o ego e auto- estima.

Já entre os 11 e 19 anos de idade é quando ela deixa de ser criança e passa a ser adolescente, e aí está o nosso maior desafio.

Normalmente os adolescentes buscam grupos de amigos que tenham os mesmos interesses, os mesmos gostos e desejos, a fim de uma identificação menos conflitante e mais amigável.

Nessa etapa da vida é comum tentar se afastar da família, pois essa já não lhes satisfaz em relação aos interesses sociais.

Numa fase de tantas transformações, é importante que haja amizade e muito diálogo no convívio familiar e que os pais tentem amenizar os conflitos vividos, sendo mais flexíveis e mais compreensivos.

Imagine como um adolescente se sente ao não poder fazer certas coisas de adultos, mas ser repreendido por agir como criança?

A adolescência é naturalmente o momento da contestação, da rebeldia, da busca da identidade, de transformações rápidas e profundas.

Sendo assim a atividade física seja ela Pilates ou não, deve ser dinâmica, descontraída, porém dirigida.

Andreia Monteiro
CREF 03169
PMA – CPT

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.