Pilates de Qualidade = Movimento Organizado

2097

Por Silvia Gomes

Há cerca de dois anos, num Encontro Sudeste da Physio Pilates em São Paulo, tive a felicidade de fazer um curso com Beth Kaplanek. Tratava-se de um Workshop a respeito do trabalho a ser desenvolvido com pessoas que tem próteses parciais ou totais, tanto de joelho quanto de quadril.

Ela mesma tem essas próteses e as leva em seu corpo, para espanto médico, há mais de 10 anos sem necessidade de substituição. A partir de sua própria experiência com o método Pilates como forma de trabalho de baixo impacto para condicionamento físico ela pôde plasmar esse conhecimento desenvolvido em um livro “Pilates for Hip and Knee Syndromes and Arthroplasties.”

Estou contando essa história porque o Workshop foi sensacional. Muito repertório avançado, estripulias acrobáticas? Absolutamente não.

O que chamou e chama a atenção em seu trabalho é a exigência em termos de execução – correção de alinhamentos, mobilização das articulações em todos os seus planos, estímulo a percepção dos limites dados pela estabilização.

Na realidade todo o trabalho do CENTRO do corpo: não apenas o CORE com sua dinâmica, mas a percepção do tronco através da estabilização de suas cinturas, relações ósseas entre costelas e pelve, alinhamento da coluna, com dissociação dos membros superiores e inferiores.

Ela nos fez várias perguntas durante o curso estimulando nossa atenção e concentração a respeito de diversas necessidades e situações corporais. Quais seriam os possíveis “remédios” indicados para aquele ou esse indivíduo? Claro que considerando sempre que “o remédio” dentro do ambiente de Pilates é o movimento organizado.

O interessante e divertido é que TODAS as perguntas tinham exatamente a mesma resposta: PRÉ PILATES.
Os exercícios de pré Pilates são aqueles que, dentro do repertório de Pilates, preparam o corpo e a mente para evoluir no repertório propriamente dito. São os momentos em que, através da concentração e sob a batuta do instrutor, o aluno desperta para a percepção de seu esqueleto, articulações e músculos, encontrando novas formas de movimento mais organizado e livre de sobrecargas.

Não é possível afinar essa conexão corpo mente com repertório avançado. É preciso calma, concentração e um bom professor que domine o gesto que está sendo executado por já tê-lo vivenciado inúmeras vezes e saiba o que escolher para cada aluno de forma a conduzi-lo pelo caminho da organização corporal de forma mais eficiente já que cada um tem diferentes necessidades.

A organização do corpo é o local, a situação, onde ele está mais confortável, mais móvel, alongado, livre de sobrecargas. A organização sempre trabalha a favor do corpo.

Quando iniciamos trabalho de repertório sem organização corremos o risco de, muitas vezes, enfatizar desequilíbrios, repetir compensações, não contribuir em nada no sentido da organização e desenvolvimento de um corpo equilibrado.

Voltando a Beth, em geral, indivíduos que chegaram ao ponto de necessitar – exceto em casos de acidente – de próteses de joelho e quadril (bem como de coluna vertebral) – colocaram seu corpo em situações de extrema sobrecarga indevida através de movimentos errôneos, seja no cotidiano do trabalho, seja na prática de esportes ou por sua história de vida.

Daí a sua insistência no pré Pilates como inicio e fundamentação de trabalho corporal em busca de novos downloads de movimento.

Um outro comentário dela em seu Workshop que acredito valer a pena compartilhar: os mesmos “remédios” indicados para pessoas que tem síndromes e próteses de joelho e quadril são os indicados para quem não quer vir a tê-las.

Pilates de Qualidade começa nos fundamentos, nos princípios, na qualidade e organização e por esses elementos segue. É preciso vivência e domínio da técnica para poder utilizá-la como ferramenta de ensino de movimento. Caso o contrário o remédio pode virar veneno.

Para saber mais sobre o trabalho desenvolvido por Beth Kaplanetk, acesse:
http://bethkaplanek.com

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.