Pilates na Terceira Idade

476

Infelizmente não podemos parar o tempo… É algo que não podemos comprar, não podemos criar, só podemos usar, e a boa notícia é que nós somos os responsáveis pelo nosso tempo e como o utilizamos.

No Brasil, a expectativa de vida tem aumentado gradualmente atingindo hoje algo ao redor de 75 anos, segundo os últimos dados pesquisados. Entretanto, agora o desafio é como criar um envelhecimento saudável.

As condições péssimas de mobilidade urbana para os idosos faz com que sejam tratados como mero portadores de intelecto, relegando ao corpo à um segundo plano.
Os avanços tecnológicos fazem com que o corpo tenha menos gasto energético e seja menos estimulado.

Segundo as mais recentes pesquisas sobre terceira idade, a perda de fortalecimento, resistência, flexibilidade e equilíbrio podem ser evitadas com o auxílio das atividades físicas. Quando as pessoas idosas vão se tornando inativas e perdendo a capacidade de fazer as coisas sozinhas porque eles têm idade avançada vão deixando de se movimentar e atrofiando os músculos devido a falta de uso.

Não importa qual a idade, o exercício pode melhorar a qualidade de vida e em pouco tempo é possível perceber os resultados. Dessa forma é com os idosos… eles precisam praticar exercícios cardiovasculares, treinamento de força e flexibilidade para se manter saudável e manter o máximo de força e funcionalidade possível.

O exercício regular pode aumentar consideravelmente a vida e a saúde geral de todo idoso, se o estilo de vida é moderadamente ativo ou inativo.

  • Idosos inativos devem obedecer um programa que seja construído gradualmente até atingir pelo menos trinta minutos de exercício moderado duas ou três vezes por semana.
  • Idosos ativos devem ter um objetivo definido para a construção de sessões de até uma hora, duas a três vezes por semana.

    Os idosos se beneficiam com uma combinação de exercícios aeróbicos, de força, equilíbrio e flexibilidade. Este programa deve incluir também alinhamento postural e exercícios de sensibilização, bem como alguns exercícios de levantamento de peso.

Utilizando os elementos acima será elaborado um programa com aumento gradual da intensidade da atividade. Uma mudança súbita no nível de esforço pode causar ferimentos graves. Não importa o nível de aptidão, as melhorias devem ser feitas gradualmente! Mesmo idosos mais velhos e frágeis podem praticar exercícios para melhorar sua saúde, entretanto um médico deve sempre ser consultado.

CADA CLIENTE POSSUI SUA INDIVIDUALIDADE! Geralmente o idoso procura a atividade física para ter uma melhor qualidade de vida e bem estar e utilizando os princípios do Método Pilates pode conseguir este auxílio.

Quando treinar um idoso, é importante lembrar dos 5 C’s do ensino:
Compaixão, Cuidado, Confiança, Criatividade e Clareza

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.