Quantas aulas na semana?

2305

Uma dúvida presente e frequente na primeira visita de uma pessoa a um estúdio ou academia: quantas vezes na semana eu deveria fazer aulas?

Diferentes fatores podem influenciar nossa resposta, assim como estes mesmos fatores podem influenciar na escolha de nossos alunos e/ou futuros alunos pela frequência semanal.

O tempo que uma pessoa dispõe em se dedicar à prática de atividades físicas orientadas, o quanto essa pessoa pretende investir nesta escolha, qual frequência nós profissionais poderíamos sugerir depois de avalia-la, se esta pessoa é fisicamente ativa ou inativa, são alguns destes fatores.

Algumas instituições internacionais vêm desenvolvendo estudos epidemiológicos ao longo dos anos e recentemente têm mostrado que a Atividade Física (AF) moderada e regular é benéfica para a promoção da saúde e na prevenção de doenças crônicas não transmissíveis (cardiovasculares, diabetes, câncer).

Dentre elas estão o American College of Sports Medicine (ACSM) que orienta que adultos realizem 30 minutos ou mais de AF com intensidade moderada pelo menos 5 dias por semana ou 20 minutos de AF vigorosa 3 dias na semana, além das atividades de vida diária. O Internatcional Physical Activity Questionnaire (IPAQ- Comite Consultivo do Questionario Internacional de Atividade Física) 20 minutos por dia de AF vigorosa durante 3 dias ou mais na semana; 30 minutos por dia de AF moderada durante 5 dias ou mais. A União Européia que recomenda 30 minutos diários de AF moderada.

O Brasil segue a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que atualmente sugere:

Crianças e Adolescentes entre 5 e 17 anos: 60 minutos de moderada a vigorosa intensidade de AF diária e atividades que melhoram as funções osteomioarticulares pelo menos 3 vezes por semana. E ainda reitera que quantidades superiores a 60 minutos por dia proporcionara benefícios adicionais para a saúde.

Adultos de 18 a 64 anos e 65 ou mais: 150 minutos de AF de intensidade moderada na semana ou 75 minutos de AF de intensidade vigorosa. E atividades que melhoram as funções osteomioarticulares 2 dias ou mais na semana. Também reitera que para benefícios adicionais de saúde, devem aumentar a AF moderada a 300 minutos por semana.

Para adultos com mais de 65 anos, a OMS ainda recomenda atividades para melhorar o equilíbrio e prevenir quedas 3 ou mais dias na semana.

A OMS define “atividade física como sendo qualquer movimento corporal produzido pelos músculos esqueléticos que requeiram gasto de energia incluindo atividades físicas praticadas durante o trabalho, jogos, execução de tarefas domesticas, viagens e atividades de lazer”.

Exercício é uma subcategoria da atividade física e é planejada, estruturada, repetitiva e tem como objetivo melhorar ou manter um ou mais componentes do condicionamento físico.

Mesmo não sendo senso comum na íntegra, todas as diretrizes se voltam ao mesmo ponto: precisamos nos mover mais!

Um pouco de atividade física é melhor do que nenhuma, mas se pensarmos que a semana tem 168 horas, nos comprometer em cuidar da nossa saúde nos movendo pelo menos 1 hora por dia até parece possível não?!

Dentro do ambiente Pilates podemos considerar todos esses fatores quando for preciso responder a essa questão.

Quando o aluno já treina e/ou se move com outras técnicas, danças, lutas, caminha, pedala ou corre todos os dias e só consegue se dedicar às aulas 1x por semana, 1x na semana poderia ser muito proveitoso!

Por outro lado, se nosso aluno vem de condições de inatividade física por tempo prolongado, se esta buscando se mover porque sente dor e foi recomendado que o movimento pudesse ser um meio de melhorar as dores e levar uma vida mais saudável, talvez mover mais vezes na semana seria uma forma de alcançar os objetivos de maneira mais eficiente. Então cabe o sempre e bem vindo bom senso, onde dialogar segue sempre à frente.

Por aqui, vamos seguindo nossa missão de levar movimento a todas as pessoas que pudermos alcançar por meio de boa informação, conhecimento atualizado, experiência e inspiração.

Mover nos faz bem, a ciência explica e serve de norte para nosso trabalho, mas você só vai sentir os benefícios quando se permitir mover!

Marcela Andrade

Sócia Proprietária do Studio Pilates Alongue-se desde 2012;
Faz parte do Programa de Mentores Physio Pilates Polestar desde 2015;
Curso de Reformer Condensado Physio Pilates Polestar Salvador-BA em 2017;
Gateway Mat e Equipamentos / Formação Avançada Physio Pilates Polestar 2014/2015;
Pós Graduação pela Gama Filho-SP – “Método Pilates: Prescrição de Exercícios Físico e Saúde 2010/2012;
Formação em Educação Física pelo Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (CEUNSP) Itu- SP 2006/2009;
Palestrante convidada a ministrar “O Pilates como Instrumento de Promoção de Saúde e Consciência Corporal” para os cursos de Educação Física e Fisioterapia no CEUNSP Itu-SP em 2018;
Palestrante convidada a ministrar “Método Pilates e a Atuação do Profissional de Educação Física na Área da Saúde” e “Desmistificando a Coluna e suas Patologias mais Frequêntes” nos cursos de Educação Física pelo Ceunsp Itu-SP e Puc Campinas-SP em 2014 e 2015;
Experiência com Ginástica, Hidroginástica, Natação e Danças de Salão de 2008 a 2014 na Alongue-se Academia Itu-SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.