Sempre é tempo para começar o movimento

133
Sempre é tempo para começar o movimento

Quero começar esse texto agradecendo a oportunidade de falar sobre esse tema, pois disse a minha vida toda que o corpo foi feito para “mover”. Agradeço essas minhas duas lindezas que são as irmãs Marianne Fleming (89 anos) e Liane Fleming (87 anos), que me deram a oportunidade e honra de realizar um trabalho de atividade física e mental com elas e também para dizer que nunca é tarde para começar.

Nesta faixa etária, sabemos que o corpo possui degenerações, tem limitações e a mente seus déficits, além da parte social na qual muitas pessoas dessa idade vivem na solidão.
Na parte física, perde-se equilíbrio, força, massa muscular, massa óssea, entre outros e a mente prega “peças” como o mau de Alzheimer.

Imaginem o quanto é importante um momento como este na vida dessas pessoas, para manter o físico em ordem, ativo dentro das possibilidades disponíveis para cada um e a mente conectada e explorada para que elas tenham autonomia para realizar movimentos básicos como sentar, levantar, ter equilíbrio, coordenação motora e controle para executar suas tarefas dentro e fora de casa.

É nobre conseguirmos através de nosso trabalho propiciar e estimular que pessoas nessa idade consigam arrumar suas camas, calçar e amarrar seus sapatos, prender os cabelos e alcançar objetos no armário, entre outras coisas.

Procuro estimular a conexão da mente através dos exercícios propostos, fazendo com que elas contem os mesmos, concentrem-se neles através da respiração e ainda falar as cores de roupas e calçados que estão usando, cores presentes no ambiente que estamos trabalhando, faço perguntas sobre datas importantes na vida delas, peço para me contarem histórias, viagens, cores e nomes dos acessórios que estamos usando, jogo de memória, etc.

Nas aulas com Marianne e Liane procuro utilizar tudo que está disponível no ambiente além de acessórios específicos, desde que não ofereçam riscos a elas.

Me baseio no repertório Pilates para osteoporose e patologias diversas, no qual devem conter exercícios com descarga de peso, força, estabilização de tronco e movimentos para os membros superiores e inferiores e manutenção da marcha.

Às vezes as aulas também são realizadas na academia, onde faço adaptações para elas utilizarem alguns equipamentos de musculação. Utilizo acessórios como over ball, toning ball, ultra fit circle, theraband, MOTR, espaldar, bike, ergométrica horizontal, entre outros. A aula tem duração de uma hora, de uma a duas vezes por semana.

E para encerrar, preciso dizer que o mais importante de tudo é que elas vencem suas dificuldades individuais para estarem presentes nas aulas e o que vale muito a pena é ver e sentir a felicidade e o sorriso estampado no rosto delas nos nossos encontros!

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.