Tratando Escoliose com Gyrotonic

112

História

Roberta Quinn, nasceu em 1973 em Osasco no dia 2 de julho, canceriana nata sua maior virtude é o desejo de ajudar ao outro. Aos 8 anos perdeu a mãe em um acidente de carro e foi quando ela percebeu que tudo dependeria dela mesma para encontrar os caminhos da felicidade e prosperidade.

Diagnóstico da Escoliose

Aos 11 anos foi diagnosticada com escoliose severa de 41 graus, seu pai a levou em muitos ortopedistas e o prognostico era sempre o mesmo, cirurgia.

Métodos

O Pai da Roberta não autorizou a cirurgia pois ela tinha uma vida normal e ativa como qualquer outra criança, a escoliose nunca foi motivo de perda de função nem muito menos dor.

Roberta engessou por 6 meses todo o tronco, como tentativa que na fase de crescimento ganhasse algum alongamento causando a diminuição dos graus, mas, isso não aconteceu. Após isso, utilizou o colete ortopédico removível e RPG por 2 anos, não houve melhora nos graus.

Roberta desistiu de lutar contra a maré, sempre foi nadadora, e investiu o seu tempo na reabilitação nos treinos de natação.

Aos 23 anos foi morar em Londres aonde recomeçou a sua busca da melhora da escoliose, muito desapontada com os feedbacks ortopédicos que continuavam a dar o prognostico de cirurgia e desesperança.

Aos 26 anos foi morar em Singapura, e foi quando começou a estudar, cursou anatomia do movimento, se formou em professora de Yoga especializada em escoliose e aprendeu muito como os seus mestres sobre auto amor, auto cuidado, auto aceitação e disciplina.

Na Ásia aprende-se que “Somos o que pensamos, sentimos e comemos, e que só existe alguém que pode nos curar: Nós mesmos.”

Os Mestres são apenas pessoas que descobriram sabedorias e métodos importantíssimos antes de nós, fizeram isso por eles mesmos e agora tem a missão de ensinar. Eles também tiveram seus mestres e suas experiências de vida aonde toda essa sabedoria foi sendo criada.

Escoliose e o Gyrotonic

Aos 30 anos foi morar em Nova York em busca de mais conhecimento sobre o funcionamento do corpo humano e seus milagres, se formou no Método Gyrotonic e no Método de Alongamento da Fáscia Body Rolling .

“Durante o curso de Formação do Método Gyrotonic eu estava com muito dor na lombar que irradiava toda a minha perna direita, 2 hérnias de disco, e ao final do curso eu estava curada, o método me regenerou, rejuvenesceu e me ensinou que tudo é possível, o impossível é aquilo que você não tenta.

Hoje continuo com a escoliose fixa e com o Método Gyrotonic alinhei outras estruturas, criei um corpo forte e flexível, com
capacidade de executar qualquer funcionalidade que eu deseje, criei uma postura ideal, não sinto dores, e tenho plena qualidade de vida! Isso é Gyrotonic! “

Roberta começou a trabalhar no Studio de Gyrotonic em Nova York e ao ver tantas pessoas se beneficiarem do método resolveu voltar para o seu país natal, Brasil.

” Pensei, os brasileiros merecem conhecer esse método incrível, de natureza orgânica, onde ele reencontra o que ele já tem desde o seu nascimento e está apenas adormecido, a natureza do corpo em movimento, força, harmonia, leveza, auto detox, auto rejuvenescimento, auto amor… Nosso corpo faz tudo isso naturalmente se estiver se movimentando naturalmente!”

“Não precisamos de remédios, de cosméticos, de estress, de preocupações, ressentimentos, culpa e medos, tudo isso nos envelhece trazendo lesões e doenças. O corpo só precisa de movimentos naturalmente, funcionais e orgânicos, isso se chama biomecânica. ”

Bio significa Vida e Mecânica significa movimento

O Movimento Vital! E para viver precisamos ser rejuvenescidos, saudáveis, harmônicos e felizes!

Aos 33 anos, Roberta foi morar em São Paulo e inaugurou o primeiro Studio de Gyrotonic com apenas um equipamento, hoje em 2020 o seu studio tem 5 equipamentos do Método.

“Aos 38 percebi que a demanda no método estava voltada para a fisioterapia, que no Brasil o foco era apenas reabilitação e já nos outros países mais desenvolvidos na fisioterapia o foco estava mais concentrado em prevenir lesões e promover a saúde, ao invés de focar somente após a pessoa se machucar, levando a frustrações, dores e baixo desempenho.”

Se graduou na FMU como Dra. Fisioterapeuta aos 43 anos e comprovou cientificamente o seu TCC na revista cientifica da PUC sobre os benefícios do Método Gyrotonic na saúde da mulher.

Aos 46 anos Roberta tem um currículo abrangente dentro do Método Gyrotonic e muitos casos clínicos que dão alta relevância ao método.

Nesse ano de 2020 Roberta estará apta a conduzir todos os Cursos terapêuticos do Método Gyrotonic do Paul Horvath da Alemanha, nas reabilitações das cinturas pélvica e escapular e no tratamento para escoliose, se tornando Terapeutic Courses Master Trainer.

Confira outra matéria sobre o tema, clicando aqui!

Roberta Quinn

Fisioterapeuta,  GYROTONIC® Master Trainer do equipamento Pulley Tower, Master Trainer do equipamento especializado Jumping Stretching Board e no Processo de Master Trainer
dos cursos terapêuticos e de Gyrokinesis.
Certificada no Método desde 2004 em Nova York, ministrante de aulas, tratamento de reabilitação e prevenção, cursos de formação do método, tanto no Brasil quanto no Exterior.
Roberta iniciou esse caminho de movimentos corporais buscando o equilíbrio entre a mente e o corpo em 2003 quando se formou como professora de Yoga em Singapura e em 2018 completou essa busca se qualificando como Master do Método Gyrotonic.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui